Topo
Blog Direção Legal

Blog Direção Legal

Saiba como evitar o perigo dos caminhões nas estradas

Denis Freire de Almeida

16/08/2019 07h00

Caminhões e ônibus representam um dos maiores perigos para automóveis e motocicletas nas estradas. Que fique bem claro que não estamos falando da habilidade dos caminhoneiros nem tão pouco dos motoristas profissionais nesse post, mas simplesmente dos riscos aumentados em casos de acidentes com veículos pesados. É questão de física pura!

Cadastre-se AQUI e ganhe o Workshop de Direção Segura

O motorista preventivo, quando avista um caminhão, é como se ele estivesse vendo uma banana de dinamite com o pavio aceso. Vai ficar o menos tempo possível perto dele e irá ultrapassá-lo na primeira oportunidade que tiver.

Isso porque as consequências de um eventual acidente com um caminhão ou um ônibus são bem mais severas do que com automóveis leves, pura e simplesmente por causa do tamanho e massa envolvidos – e a consequente inércia brutal dessa equação.

TOMBAMENTO DE CARGAS

Outro risco potencial dos caminhões é o tombamento de cargas em cima de automóveis, um tipo de acidente mais comum do que se imagina. Para evitar esse risco, nunca ultrapasse um caminhão na curva, ainda mais se a curva for para a direita (na qual a tendência da carga é tombar para a esquerda).

Veja no vídeo abaixo as dicas para você minimizar os potenciais riscos de ônibus e caminhões nas estradas:

Cadastre-se AQUI e ganhe o Workshop de Direção Segura

Sobre o Autor

Denis Freire de Almeida é jornalista formado pela PUC-SP, com 25 anos de experiência na área de automotiva. É idealizador do “Direção Legal” e já trabalhou em veículos como Rede Globo, Quatro Rodas, O Estado de S. Paulo, Record TV e Webmotors. É piloto de testes certificado pela Federação Paulista de Automobilismo desde 1999, além de instrutor de Direção Preventiva e Defensiva.

Sobre o Blog

A ideia do “Direção Legal” é salvar vidas. Você sabia que “cai um Boeing por dia” nas ruas e estradas brasileiras? Isso mesmo, são 104 vítimas fatais todos os dias -- uma a cada 13 minutos. A melhor forma de evitar a ampliação desse número alarmante é informar sobre os riscos ao volante e dar dicas práticas de como minimizá-los. O que nos motiva é que 94% dos acidentes poderiam e podem ser evitados, já que são causados por falha humana. Embarque com a gente nessa viagem.