PUBLICIDADE
Topo

Segurar o volante corretamente evita acidentes e dores no corpo

Denis Freire de Almeida

01/05/2020 04h00

Como você segura o volante do seu carro quando está dirigindo? É um detalhe que pode fazer toda diferença em uma situação de emergência e até agravar os ferimentos em um eventual acidente.

Veja vídeos com dicas de Direção Preventiva

A maneira correta é sempre por fora do aro e com as mãos paralelas, como se fossem os ponteiros de um relógio na posição "14h45" (veja foto).

Não é por acaso que todos os comandos do volante e as borboletas de troca de marcha ficam ali posicionados…

Com as mãos paralelas, o motorista consegue fazer desvios de emergência com mais precisão, pois sempre sabe quando as rodas estão alinhadas (servem como ponto referencial instintivo).

NAS CURVAS

Para ter o "carro na mão" nas curvas, o recomendado é sempre empurrar o volante para cima com a mão oposta ao sentido da curva (para virar a esquerda, empurrar o volante com a mão direita – e não puxar para baixo com a mão esquerda).

O ato de empurrar faz com que o motorista tenha mais sensibilidade às reações do carro e aja mais rápido em caso de necessidade (percebe-se mais prontamente quando o carro começou a sair de traseira, por exemplo).

Um dos erros mais comuns é pegar o volante pelo lado de dentro nas curvas, o que chamamos de "ordenhar a vaca" (em alusão ao movimento de puxar o volante como se fosse uma teta leiteira…

PALMAS PARA BAIXO

Além de perder a sensibilidade fina em relação ao comportamento do carro, esse vício pode causar acidentes. Primeiro porque suas mãos podem limitar o giro ao bater no miolo do volante.

Além disso, quando o motorista pega o volante por dentro, seu braço fica no caminho do airbag (que abre a mais de 300 km/h).

Existem inúmeros relatos de fratura de braços por causa do acionamento do airbag, algo totalmente evitável se o motorista tivesse com a pegada correta pela lado de fora do aro.

Para evitar esse tipo de vício de direção, basta deixar as palmas das mãos sempre viradas para baixo…

COM AS DUAS MÃOS

Outra mania muito comum é o movimento de "enxugar pratos", quando o motorista usa apenas uma das mãos para esterçar o volante.

Esse movimento é até aceitável durante manobras com o carro em baixíssimas velocidades, como no momento de se fazer uma baliza, por exemplo.

Mas nunca se deve fazer isso com o carro em velocidades acima de 10 km/h, pois há o risco de escapar a mão e causar acidentes.

Como se não bastasse, além de mais segura, a posição "14h45" também traz conforto para o corpo, pois distribui por igual a demanda física, evitando a sobrecarga as regiões dos braços e pescoço.

Veja vídeos com dicas de Direção Preventiva

 

VEJA MAIS
>> É proibido usar o pisca-alerta com o carro em movimento?
>> Veja os perigos dos acostamentos e como minimizar os riscos de acidentes
>> Afinal, os pneus do seu carro têm validade de 5 anos? Veja mitos e verdades

>> Economize! Veja se você usa o ar-condicionado do carro de forma errada
>> Veja cinco dicas para ultrapassar com segurança nas estradas

Sobre o Autor

Denis Freire de Almeida é jornalista formado pela PUC-SP, com 25 anos de experiência na área de automotiva. É idealizador do “Direção Legal” e já trabalhou em veículos como Rede Globo, Quatro Rodas, O Estado de S. Paulo, Record TV e Webmotors. É piloto de testes certificado pela Federação Paulista de Automobilismo desde 1999, além de instrutor de Direção Preventiva e Defensiva.

Sobre o Blog

A ideia do “Direção Legal” é salvar vidas. Você sabia que “cai um Boeing por dia” nas ruas e estradas brasileiras? Isso mesmo, são 104 vítimas fatais todos os dias -- uma a cada 13 minutos. A melhor forma de evitar a ampliação desse número alarmante é informar sobre os riscos ao volante e dar dicas práticas de como minimizá-los. O que nos motiva é que 94% dos acidentes poderiam e podem ser evitados, já que são causados por falha humana. Embarque com a gente nessa viagem.