PUBLICIDADE
Topo

Economize! Veja se você usa o ar-condicionado do carro de forma errada

Denis Freire de Almeida

17/01/2020 04h00

Estamos em pleno verão e, nessa época do ano, o ar-condicionado ligado é mandatório nos carros que possuem o recurso.

Veja mais dicas do Direção Legal

Aliás, o equipamento já deixou de ser considerado item de conforto e se tornou vital para a segurança, uma vez que permite andar com os vidros fechados, diminuindo os riscos da violência urbana.

Ou seja, a maioria (como eu…) liga o ar-condicionado faça chuva ou faça sol.

REGULAGEM GASTA MAIS COMBUSTÍVEL

O problema é que muitos motoristas têm uma noção errada sobre o funcionamento do ar-condicionado e pensam que estão economizando combustível, quando na verdade estão gastando mais…

Isso vale para os carros equipados com o equipamento manual e não o digital automático (presente nos modelos mais caros).

Você é daqueles que coloca o ventilador do ar-condicionado nas velocidades mais baixas para não deixar o carro tão gastão?

Pois esse é o erro mais comum no uso do equipamento. Acredite, já dei aula para muito motorista profissional que fazia justamente isso…

FUNCIONAMENTO SIMPLES: LIGADO OU DESLIGADO

Não vamos nos aprofundar sobre o funcionamento do ar-condicionado. O que você precisa saber é que ele tem somente dois modos de funcionamento: com o compressor ligado ou com o compressor desligado.

Os sensores espalhados pelo interior do automóvel monitoram a temperatura e, quando ela começa a subir, acionam o compressor, que efetivamente resfria o ar e gasta mais combustível (usa potência extra do motor do carro).

Quando o termômetro chega à temperatura definida pelo motorista, o sistema desliga o compressor e apenas re-circula o ar já resfriado.

MONITORAMENTO CONSTANTE DOS SENSORES

Simples assim! Ou seja, quando o ar-condicionado está ligado, o sistema fica nesse monitoramento constante da temperatura, ligando e desligando o compressor diversas vezes de forma automática.

O que acontece quando o dia está muito quente e o motorista define a temperatura no mínimo ou perto dele, mas coloca o ventilador nas velocidades mais baixas para "economizar combustível"?

Com pouco vento saindo pelos difusores do painel, a temperatura interna nunca atinge àquela definida pelo motorista. Em outras palavras: o compressor, que exige potência extra do motor do carro, fica ligado o tempo inteiro!

Quer economizar combustível? Faça justamente o contrário: coloque o ventilador nas velocidades mais altas! Assim, a temperatura será atingida e o compressor passará a funcionar de forma intermitente, poupando o motor do carro e gastando menos combustível.

Veja mais dicas do Direção Legal

Sobre o Autor

Denis Freire de Almeida é jornalista formado pela PUC-SP, com 25 anos de experiência na área de automotiva. É idealizador do “Direção Legal” e já trabalhou em veículos como Rede Globo, Quatro Rodas, O Estado de S. Paulo, Record TV e Webmotors. É piloto de testes certificado pela Federação Paulista de Automobilismo desde 1999, além de instrutor de Direção Preventiva e Defensiva.

Sobre o Blog

A ideia do “Direção Legal” é salvar vidas. Você sabia que “cai um Boeing por dia” nas ruas e estradas brasileiras? Isso mesmo, são 104 vítimas fatais todos os dias -- uma a cada 13 minutos. A melhor forma de evitar a ampliação desse número alarmante é informar sobre os riscos ao volante e dar dicas práticas de como minimizá-los. O que nos motiva é que 94% dos acidentes poderiam e podem ser evitados, já que são causados por falha humana. Embarque com a gente nessa viagem.

Blog Direção Legal