PUBLICIDADE
Topo

Cuidado com as crianças, não deixe seu carro destravado na quarentena

Denis Freire de Almeida

03/04/2020 04h00

Um carro estacionado com as portas destravadas parece indefeso, mas esconde várias armadilhas para as crianças. E o risco aumenta em época de quarentena, na qual o tédio e a impaciência, muitas vezes, podem aguçar nos pequenos o comportamento explorador de novidades…

Veja vídeos com dicas de Direção Preventiva

Muito cuidado para não se esquecer de travar as portas do seu carro, principalmente se você mora em casa com acesso ao veículo facilitado.

Veja alguns dos riscos para as crianças:

>> Se prender no porta-malas (queimaduras e hipertermia);
>> Soltar o freio de mão (acidentes e atropelamentos);
>> Enroscar o pescoço nos cintos de segurança (asfixia);
>> Fechar o vidro nos dedos ou pescoço (ferimentos e asfixia);
>> Fechar as portas no dedos ou membros (fraturas);
>> Acionar o isqueiro elétrico (queimaduras e incêndio);
>> Engolir moedas (asfixia);
>> Acionar o controle do portão (atropelamentos, fuga de PETs e abordagem criminosa);

Existem vários outros riscos à vida das crianças, mas o que você precisa saber é o quão perigoso um simples carro parado pode representar para elas!

Para amenizar os riscos, vale ressaltar que carro não é brinquedo. Desencoraje qualquer brincadeira física que tenha o veículo como objeto principal.

Não se esqueça de sempre travar as portas e mantenha a chave fora do alcance das crianças. Boa quarentena, muita saúde e consciência a todos nós!

Veja vídeos com dicas de Direção Preventiva

 

VEJA TAMBÉM
>> É proibido usar o pisca-alerta com o carro em movimento?
>> Veja os perigos dos acostamentos e como minimizar os riscos de acidentes
>> Afinal, os pneus do seu carro têm validade de 5 anos? Veja mitos e verdades

>> Economize! Veja se você usa o ar-condicionado do carro de forma errada
>> Veja cinco dicas para ultrapassar com segurança nas estradas

Sobre o Autor

Denis Freire de Almeida é jornalista formado pela PUC-SP, com 25 anos de experiência na área de automotiva. É idealizador do “Direção Legal” e já trabalhou em veículos como Rede Globo, Quatro Rodas, O Estado de S. Paulo, Record TV e Webmotors. É piloto de testes certificado pela Federação Paulista de Automobilismo desde 1999, além de instrutor de Direção Preventiva e Defensiva.

Sobre o Blog

A ideia do “Direção Legal” é salvar vidas. Você sabia que “cai um Boeing por dia” nas ruas e estradas brasileiras? Isso mesmo, são 104 vítimas fatais todos os dias -- uma a cada 13 minutos. A melhor forma de evitar a ampliação desse número alarmante é informar sobre os riscos ao volante e dar dicas práticas de como minimizá-los. O que nos motiva é que 94% dos acidentes poderiam e podem ser evitados, já que são causados por falha humana. Embarque com a gente nessa viagem.